outubro 21, 2021 / Pesquisa e Desenvolvimento, Soluções para Mercados e Indústrias

HellermannTyton a serviço da indústria automotiva

HellermannTyton a serviço da indústria automotiva

Inegavelmente os carros são máquinas complexas, que utilizam a tecnologia para coordenar diferentes sistemas necessários para o seu conforto, confiabilidade e segurança. Embora a indústria automotiva continue a depender da engenharia mecânica, a eletricidade se torna cada vez mais relevante para o desenvolvimento de veículos automotores.

A qualidade de um veículo está diretamente relacionada à incorporação da eletrônica na sua concepção, afinal, sistemas eletrônicos reduzem o consumo, controlam a frenagem e eliminam tarefas manuais. Além disso, esses sistemas eletrônicos ajudam a garantir e facilitar as manutenções preventivas.

Para que o veículo funcione corretamente, é necessário um componente fundamental que é desconhecido pela maioria dos usuários: o chicote elétrico. Por isso, vale a pena conhecer mais sobre ele e a importância da sua valorização.

Chicotes elétricos automotivos

O chicote de um veículo é um condutor elétrico que interliga os diferentes sistemas automotivos, sendo responsável pela comunicação entre os módulos eletrônicos do automóvel. Ele é o responsável por conectar os dispositivos eletroeletrônicos do veículo, gerenciando a distribuição de energia.

Os chicotes de cabos são responsáveis pelo funcionamento dos equipamentos dos carros.
No interior do veículo quilômetros de cabos são distribuídos no que conhecemos por chicotes.

Um único chicote envolve vários cabos, cada um deles responsável por gerenciar e distribuir parte da energia do veículo. Atualmente, um automóvel popular possui entre 400 e 800 cabos, que somam em média 700 metros de comprimento. Esses números se devem a quantidade de equipamentos instalados no automóvel que, quanto mais modernos, mais condutores necessitam para que seus sistemas funcionem perfeitamente.

Como o espaço em um veículo é limitado, é extremamente importante otimizar os chicotes elétricos e acondicioná-los apropriadamente. Dessa forma, é importante projetar toda a infraestrutura para que esses chicotes estejam organizados, fixados e protegidos corretamente, garantindo também a segurança.

Além disso, recomenda-se produzir a fixação dos chicotes elétricos com matéria-prima plástica. Assim, é possível reduzir o peso do veículo e, consequentemente, ajudar na economia de combustível e na redução de dióxido de carbono (CO2).

Soluções HellermannTyton para a indústria automotiva

Sempre pensando em atender as demandas de seus clientes, a HellermannTyton conta com diversas soluções em plástico para gerenciamento dos chicotes automotivos. Confira algumas delas:

Série EdgeClips

2021 marca o 20º aniversário da família EdgeClip.

Lançados há 20 anos, os EdgeClips nasceram da necessidade de fixar os cabos das luzes de neblina no único local disponível: as bordas dos para-choques. Como furos e pinos soldados eram inviáveis e o uso de adesivos impraticável, foi necessário criar uma solução de fixação para bordas.

Para fixar o chicote usando EdgeClips é muito simples, basta um simples aperto manual para que eles fiquem firmes nas bordas das chapas.

 

 

 

Malhas de proteção HEGPV0X e BSCS

As malhas de poliéster são componentes fundamentais para proteger os fios e os cabos dos chicotes elétricos contra a abrasão.

A malha de poliéster retardante a chama de alta expansão Helagaine HEGPV0X, por exemplo, é indicada especialmente para locais onde é importante a proteção contra fogo, ou seja, em caso de incêndio, elas retardam a propagação da chama. Além disso, devido sua elevada taxa de expansão, ela engloba uma gama maior de diâmetros e também é fácil de aplicar em superfícies irregulares.

Malha de poliéster com abertura longitudinal BSCS.
A malha BSCS possui abertura na lateral para facilitar a inclusão e a remoção de cabos.

Por outro lado, a malha de poliéster bipartida BSCS não possui as mesmas características de expansão quando comprimida longitudinalmente como os produtos da linha Helagaine. Porém, sua instalação se dá pela sua abertura longitudinal. Basta abrir o transpasse existente na sua circunferência para instalar os cabos e, ao final da instalação, a malha voltaà sua forma circular, protegendo todo o chicote.

Além disso, a malha de poliéster BSCS apresenta excelente resistência à abrasão e à temperatura, é extremamente flexível e, devido sua trança bem fechada, também proporciona redução de ruído.

 

Tubo Termocontrátil TCN20

Também conhecidos como espaguetes termoretráteis, os tubos termocontráteis são tubos isolantes de poliolefina que, quando submetidos ao calor, encolhem e aderem perfeitamente ao cabo ou componente eletrônico.

O tubo termocontrátil TCN20 possui parede fina, taxa de contração de 2:1 e é ideal para isolação de fios, cabos, conectores e componentes eletrônicos, bom como para protegê-los contra corrosão e abrasão mecânica.

Além do TCN20, nosso portfólio também conta com diversos modelos de tubos termocontráteis em diferentes cores e taxas de contração como, por exemplo, o TFN21 que é verde e amarelo; o HIS-3 que possui taxa de contração 3:1 e o TAN30 que possui adesivo hot melt.

Ferramenta Autotool 2000 CPK

Ferramentas automáticas otimizam o processo de amarração de cabos na indústria automotiva.
A Autotool 2000 CPK integrada em linhas de produção totalmente automatizadas.

A ferramenta Autotool 2000 CPK é um sistema elétrico para aplicação de abraçadeiras em diâmetros de até 20mm. Devido sua velocidade de aplicação e ergonomia aprimorada, ela é ideal para as altas demandas de amarração de chicotes na indústria automotiva.

Além disso, usando o software “HT Data Management CPK”, é possível uma fácil parametrização da ferramenta e também obter uma documentação completa de cada processo de amarração.

Por fim, vale lembrar que é possível incorporar essa ferramenta ao sistema de produção de diversas formas. Móvel usando o balancim, fixa com o suporte de bancada e em linhas totalmente automatizadas com o Power Pack CPK com caixa de comando.

Sistema automático de amarração Autotool AT2060

Assim como a Autotool 2000 CPK, a ferramenta AT2060 é um sistema que aplica automaticamente abraçadeiras em diâmetros de até 31,0mm.

Ela é ideal para aplicações de grandes volumes na amarração de chicotes elétricos e, entre suas vantagens, podemos destacar seus benefícios ergonômicos e sua versatilidade de aplicação, que pode ser móvel, usando balancim, ou fixa, usando suporte de bancada. Vale lembrar que tanto os acessórios da Autotool 2000 CPK quanto da Autotool AT2060 são vendidos separadamente.

Experiência do desenvolvimento de soluções customizadas

A HellermannTyton projeta e desenvolve produtos customizados, alinhados com as especificações de gerenciamento de fios e cabos na indústria automotiva.

A colaboração em tempo real entre os nossos desenvolvedores de produtos e a equipe de engenheiros dos nossos clientes economiza tempo, mesmo para peças cujo espaço de instalação ainda precise ser definido.

Experiência no desenvolvimento de soluções customizadas para a indústria automotiva.

As peças plásticas moldadas pelo processo de injeção da HellermannTyton oferecem liberdade de design, facilitando a integração de outros elementos funcionais do veículo. Como vantagem adicional, elas são resistentes à corrosão, proporcionando um gerenciamento durável de fios e cabos para a indústria automotiva.

Para minimizar o número de peças diferentes, uma análise criteriosa do chicote de cabos oferece alternativas otimizadas em termos de custos, disponibilidade de peças e otimização de componentes.

 

 

Com nossa experiência, podemos lhe ajudar a tomar a decisão correta. Se o material certo para sua aplicação ainda não estiver disponível, vamos desenvolvê-lo em conjunto com você para oferecer o melhor gerenciamento de fios e cabos para a fabricação de seu veículo.

A HellermannTyton é uma importante parceira da indústria automobilística mundial, com certificações ISO 14001, ISO 9001 e IATF 16949, trabalhando muito próxima na busca por soluções de plástico customizadas e exclusivas para atender as necessidades de cada um dos inúmeros modelos de veículos automotores, fabricados em cada país.

#61

Quanto você gostou desse artigo

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.