novembro 12, 2020 / Aplicações de Produtos, Notícias da empresa

Saiba como proporcionar proteção e isolamento extra aos cabos com o adesivo hotmelt

Saiba como proporcionar proteção e isolamento extra aos cabos com o adesivo hotmelt

Quando cabos ou conectores precisam de proteção e isolamento extra, como quando são instalados em ambientes externos ou mesmo enterrados, a melhor opção é usar tubos termocontráteis com adesivo interno hotmelt ou fitas de adesivo hotmelt, que vão garantir, a partir de sua alta aderência, uma vedação extremamente eficiente, impedindo a entrada de sujeira e umidade, tanto em ambientes externos quanto internos e até diretamente enterrados, em aplicações subterrâneas.

O hotmelt é um adesivo feito de Etileno Acetato de Vinila ou Elastômero de Poliéster Termoplástico que é ativado com o calor, usando um soprador térmico. O tipo do adesivo hotmelt varia de acordo com o tipo de aplicação e temperaturas de utilização. Com relação à viscosidade, sua aplicação é muito semelhante à do tubo termocontrátil, mas oferece uma camada extra de proteção, com adesão superior.

Aplicação passo a passo

Antes de aplicar os tubos termocontráteis de parede fina, média ou grossa com adesivo interno hotmelt é preciso lixar e limpar a superfície do cabo que será protegido para remover qualquer sujeira ou oleosidade que porventura tenha aderido por conta do seu manuseio. Quando o tubo, capuz ou mufla não possui adesivo hotmelt em seu interior, também é preciso lixar a parede interna para garantir maior adesão. Barry e Mark, especialistas em adesivo hotmelt da HellermannTyton ACADEMY, mostram no vídeo abaixo, de forma muito prática, como deve ser feita essa limpeza.

Após esses processos, basta alocar o tubo termocontrátil com adesivo interno sobre a área a ser isolada e, com o soprador térmico, aquecer do centro para as extremidades do tubo, garantindo tanto a contração quanto a fusão e aderência do adesivo. Ou então usar a fita de adesivo nos componentes produzidos sem hotmelt.

Dicas para aplicar o tubo termocontrátil

Dica 1: É aconselhável iniciar o processo de encolhimento na área central do tubo termocontrátil. Em seguida, passar gradualmente para uma extremidade e depois do meio novamente para a extremidade oposta. Assim é possível evitar que o ar fique preso dentro do tubo e forme bolhas.

Dica 2: O tubo termocontrátil também encolhe longitudinalmente. Isso deve ser considerado ao cortar o pedaço que será aplicado.

Dica 3: Durante o processo de encolhimento, com o uso de calor, você sempre deve certificar-se de que o local de trabalho esteja bem ventilado e usar os equipamentos de proteção adequados.

Opções de adesivo hotmelt

Para atender a diversas aplicações, o adesivo hotmelt pode ser encontrado tanto já incorporado à parte interna do tubo – os chamados tubos de paredes duplas, assim como em rolos de fitas.

Tubo termocontrátil com adesivo hotmelt.
Tubo termocontrátil MA47 com adesivo hotmelt.

Tubo com adesivo interno: normalmente escolhido para uso em cabos que serão aterrados ou ficarão expostos a condições sujeitas à sujeira e à umidade, já que o adesivo ajuda o tubo a ter uma maior adesão ao cabo e a criar uma proteção maior contra essas interferências do ambiente.

 

 

 

Fita de adesivo hotmelt para proteção extra contra intempéries.
Fita de adesivo hotmelt HMT200A.

Fita de adesivo hotmelt HMT200A: normalmente usada para aplicação de muflas e tubos termocontráteis que não possuem adesivo. Ela ajuda na adesão, vedação e proteção contra umidade e sujeira.

 

 

 

 

Fita de adesivo hotmelt para proteção extra contra intempéries.
Fita de adesivo hotmelt TSA-200.

Fita de adesivo hotmelt TSA-200: indicada para uso com as muflas termocontráteis – 8 e -9, suporta e permite flexibilidade mesmo em temperaturas bastante baixas, ajuda na adesão, vedação e proteção contra umidade e sujeira.

 

 

 

 

No vídeo abaixo, os especialistas da nossa ACADEMY mostram como fazer a vedação do tubo termocontrátil, capuzes e muflas com fita de adesivo hotmelt explicando, inclusive, como você deve fazer a emenda da fita. Inicialmente pode até parecer um pouco complicado, mas quando visualizamos os processos, tudo fica muito simples, claro e seguro.

#10

Quanto você gostou desse artigo

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.