outubro 3, 2020 / Soluções para Mercados e Indústrias

Saiba por que nem todas as abraçadeiras têm resistência suficiente para painéis solares

Saiba por que nem todas as abraçadeiras têm resistência suficiente para painéis solares

Um fator crucial na escolha dos componentes corretos de fixação para instalações de cabos é entender se eles são fabricados com materiais que atendem às demandas e especificações de cada aplicação. Isso é especialmente importante em produtos para aplicações solares, onde os efeitos do clima, como a radiação ultravioleta (UV), descartam o uso de muitos materiais convencionais.

Mas muitos produtos em plástico moldado, como abraçadeiras para projetos solares, contam com classificação UV, mas há uma ampla interpretação do que isso significa. As abraçadeiras são fabricadas em diferentes comprimentos, cores, larguras e materiais, mas a base da “com classificação UV” para abraçadeiras para a indústria solar geralmente significa que são na cor preta. A resina da abraçadeira é de cor “natural” até que um pigmento, normalmente preto carbono, seja introduzido no processo de fabricação, tornando-se o principal contribuinte para a resistência aos raios UV cuja quantidade utilizada determina o quão resistente ao sol o material é. Portanto, embora o uso de abraçadeiras pretas para energia solar seja o caminho certo, a quantidade de pigmento preto é o que realmente determina a vida útil das abraçadeiras.

O que torna uma abraçadeira ideal para ser usada em painéis solares?

Com a falta de padrões sobre o que significa “classificação UV”, um produto pode ter apenas 0,03% de pigmento e ainda assim fazer essa afirmação. Existem muitos estudos, originários do Bell Labs na década de 1950, que mostram cerca de 2% de pigmento como sendo a quantidade ideal para expectativa de vida prolongada em aplicações externas de fios.

O pigmento preto carbono é considerado um absorvedor de radiação ultravioleta, porque recebe os raios UV de alta energia e os converte em calor antes que possam danificar a resina polimérica. A resistência aos raios UV dos plásticos moldados pode ser melhorada com os aditivos UV. Por exemplo, a linha de abraçadeiras solares da HellermannTyton inclui um aditivo de UV além do pigmento a 2%, o que ajuda a melhorar ainda mais o seu ciclo de vida.

Os testes da indústria para intemperismo UV deveriam ser padronizados. Uma abraçadeira de cabo pronta para uso pode ser classificada como resistente aos raios UV, mas isso não significa uma vida útil longa no campo. Os impactos a longo prazo dessas decisões podem ser drásticos. Os cabos caem, esfregam e balançam com o vento, o que pode levar a uma ampla variedade de falhas, perdas de produção e custos inesperados.

Produtos mais duradouros para plantas solares

Clip de fixação produzido em material resistente à UV permite economia de tempo em aplicações solares.
Os fixadores resistentes à UV da série LOC combinam as funções de amarração e fixação.

Engenheiros de produto da HellermannTyton e cientistas químicos trabalham todos os dias para desenvolver os produtos mais duradouros ao mesmo tempo em que protegem a sua infraestrutura. Muitos materiais são adequados para aplicações de uso geral, mas, em plantas solares, só fornecem valor a curto prazo, o que pode levar rapidamente à necessidade de manutenção e custos adicionais.

Nós desenvolvemos uma ampla seleção de abraçadeiras de alta qualidade fabricadas em materiais adequados para aplicações em plantas solares. As abraçadeiras solares são oferecidas em uma variedade de materiais compatíveis com diversos tipos de ambiente que são escolhidos com base nas condições climáticas de sua região.

Usada simplesmente como material de base, a PA66 é um material com baixa resistência aos raios UV, porém os produtos solares da HellermannTyton são formulados com estabilizadores UV, que fornecem proteção adicional contra radiação UV para uso externo a longo prazo e estão disponíveis para aplicações em diferentes diâmetros dos feixes e forças de tração.

Abraçadeira produzida em material estabilizado aos raios UV para aplicações solares.
Abraçadeira Série T em PA66 estabilizada aos raios UV para aplicação em painéis solares.

Além das abraçadeiras feitas de material PA66 estabilizado aos raios UV, também são utilizados outros plásticos de base resistentes projetados para ter um longo ciclo de vida. O uso desses materiais oferece excelente economia de custos enquanto suporta o desgaste cotidiano nas plantas solares.

Dependendo da sua aplicação, oferecemos soluções de abraçadeiras produzidas com o novo PVDF, base de Fluoropolímero, material que fornece alguns dos mais altos índices de resistência à radiação UV, proporcionando maior durabilidade e agregando mais valor às instalações. Resistente e extraordinariamente duradouro, o PVDF é projetado para praticamente eliminar a possibilidade de falhas no gerenciamento de fios e cabos ao longo da vida de um sistema fotovoltaico. Serão cerca de 20 a 25 anos livres de manutenção.

Com essas informações, achamos que já é possível ter uma boa noção de que nem todos os produtos com classificação UV são desenvolvidos e fabricados da mesma forma. Para garantir durabilidade a longo prazo no gerenciamento de fios e cabos em painéis solares, procure produtos de alta qualidade, que atendam aos requisitos da indústria, e um parceiro comprometido com o sucesso das plantas de energia solar, reduzindo os custos de manutenção.

Quer saber mais sobre todas as soluções da HellermannTyton para aplicações em plantas de energia solar? Então baixe nosso folheto aqui.

#3

Quanto você gostou desse artigo

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.